quinta-feira, 31 de março de 2011

Alerta aos Homo-Pegatoris

Acredito que a autora deva me conhecer para basear-se na minha vida e escrever as linhas que seguem abaixo.
Simplesmente diz TUDO o que sempre quis dizer e não brotavam as palavras corretas de minha mente.
Obrigada M. Mesquita por traduzir em palavras o que penso!!!
As amigas: não sejam essas “amigas peguetes”... Ame em primeiro lugar a si mesma!
E aos amigos que se enquandram a esse tipo de homem: Mude!! Ainda dá tempo de realmente ser amado!!!
Boa leitura!
Jaque
----------------------------------------------------------------------------------------------------------
Alerta aos Homo-Pegatoris
"Meus parabéns a você, homem, que não se envolve com mulheres sentimentalmente. Parabéns aos que só buscam sexo casual e que costumam ter as menininhas nas mãos para “solicitá-las” na hora em que lhes é mais conveniente.

Realmente, é admirável essa capacidade que vocês esbanjam por ai de “pegar e não se apegar”. É bom se gabar disso com os amigos com muito orgulho, né?

Agora deixa eu te perguntar uma coisa: nesse lugar seguro e confortável em que se acomodou, você se sente amado? (Não estou falando do amor da mamãe e do papai). Você tem alguém para conversar? Alguém que te conforte nas horas difíceis? Alguém que te dê carinho puro sem nenhum interesse? Existe alguém que te ame verdadeiramente? Você faz amor ou transa?

Ah! Uma amiga que você “pega” te dá tudo isso? E de graça?

Já parou para pensar que um dia ela vai se apaixonar por alguém que a valorize. Certamente alguém que não é você. Ela vai ser carinhosa, vai amar e ser feliz com outra pessoa. E você? Quem vai te amar? De quantas “amigas peguetes” você irá se desfazer no meio do caminho?

Essa trilha vai te levar para… ?

Existe um tempo limite para aproveitar a vida. Normalmente, enquanto jovens, pensamos em independência e, às vezes, até mesmo em solidão. O problema é que um dia amadurecemos. Acredite, por incrível que pareça, isso irá acontecer.

- Ah! Você está se adiantando muito. Posso nem estar vivo daqui vinte anos…

FATO! Mas preciso te dizer que se você morrer sem amar verdadeiramente uma única vez, sem fazer amor e sem dar (e receber) carinho sincero, você perdeu! Perdeu a melhor balada de todos os tempos, o sexo mais gostoso da sua vida, o beijo mais “ESPETACULACIONAL” do mundo e o melhor conforto que alguém pode te dar. Você perdeu, meu caro, você perdeu… "

Dedicado a todos os homens que se fazem de gostosões e acabam sozinhos e frustrados.”

(Autora: Mizraim Mesquita)
Postado no Blog Padaria do Inferno

2 comentários:

  1. é a pura verdade! mas o pior é que eles não mudam, nem as mulheres que permitem que eles sejam assim!

    ResponderExcluir